segunda-feira, 26 de junho de 2017

Dicas para cuidar da pintura de carros antigos: Lavagem à seco e uso de capa automotiva.

Fala galera! beleza?

Vamos abordar hoje 2 temas em nosso blog:

1. Lavagem à seco em carros antigos.
2. Uso de capa automotiva.

Alguns de nós temos gosto por carros antigos, "coisas velhas", "velharias" e muitas vezes usamos o carro somente em fins de semana e etc.

Usar carros antigos hoje em dia é algo bem complicado por se tratar muitas vezes de modelos mais difíceis de manter e que podem eventualmente quebrar com maior frequência do que carros mais novos. Além é claro do fato da segurança e etc.

Alguns possuem somente o carro para uso no fim de semana e o deixam a semana toda parado, necessitando de alguns cuidados à mais na manutenção e, é claro, relacionados à aparência.

Iremos abordar o tema do cuidado com a estética na hora da lavagem!

1. Lavagem à seco: Uma boa alternativa para carros antigos?


Existem pessoas que gostam muito de lavar o carro e, religiosamente, fazem isso todo o fim de semana, independente do grau de sujeira que o carro apresenta.

Isso traz alguns problemas relacionados à acumulo de água em cantos, frestas e áreas de difícil acesso, inclusive entre plásticos e borrachas que podem muitas vezes estarem desgastadas, mal colocadas e etc, além de trazer sujeira acumulada para algumas áreas ou molhar essa sujeira e barro em alguns locais, facilitando a corrosão de alguns pontos.

Está aí o motivo pelo qual muitos colecionadores e pessoas que possuem carros mais antigos não recomendarem à lavagem periódica do carro no mecanismo tradicional, com água abundante.

Na maioria das vezes você terá que tirar somente o pó do carro e pequenas sujeiras, não sendo necessário uma lavagem tradicional usando mangueira e shampoo.

Nesses casos vamos utilizar sempre que possível a técnica de lavagem à seco, utilizando produtos que necessitam de pouca ou quase nenhuma quantidade de água, eliminando a mangueira ou lavadora de alta pressão.

Com isso você tem diversos ganhos, um deles é a facilidade de manutenção e outro o baixo uso de água por se tratar de uma lavagem ecológica e, de quebra, não existe contato e acumulo de umidade em seu carro.

Isso se agrava caso você faça a lavagem e utilize a capa logo na sequência. Mesmo que passadas 24 hrs após uma lavagem normal existem locais aonde ainda haverá umidade e presença de água acumulada.

Mas não resolve deixar o carro com as portas abertas e etc?

Não, pois mesmo assim irão existir áreas que terão água acumulada que não vemos ao olho.

Portanto: Usar a capa mesmo que após um ou dois dias do carro ter sido lavado pode ser um risco, especialmente se as capas forem mais fechadas e possuírem menos ventilação.

Lavagem à seco risca mais que uma lavagem normal?

Se utilizada a técnica de maneira correta e em um cenário correto risca menos ou tão quanto uma lavagem normal, não sendo exigidas correções com alto grau abrasivo em períodos de 1 em 1 ano.

Outra vantagem do uso da manutenção à seco é a facilidade em manter o carro sempre bem protegido com boas ceras. Outro ponto importante é que normalmente em carros de pouco uso a proteção das ceras e selantes são maiores do que as dos carros que usamos diariamente.

Agora que já falamos sobre a lavagem à seco em carros antigos, vamos falar sobre o uso da capa.


2. Como usar a capa automotiva corretamente?


Uma das coisas que faz com que a pintura e o estado geral da estética interna sejam preservados ou danificados é o uso da capa automotiva.

Existem diversos modelos de capas inclusive capas feitas sob medida com materiais especiais, vou falar aqui sobre o modelo básico de capa automotiva feita em plástico com revestimento interno em tnt, creio ser o modelo mais vendido e mais utilizado por todos.

Um dos pontos importantes da capa é o fato dela possuir ou não revestimento macio interno. Isso previne riscos durante o uso pelo fato do atrito ser minimizado.

Outro fator importante é a ventilação / respiro da capa. Para uso prolongado é desejável que a capa tenha algum mecanismo de ventilação, mesmo que seja um elástico um pouco mais frouxo ou até mesmo respiradores na parte de cima da capa.

O material com que é feito a capa deve ser resistente ao sol, mesmo que não seja para uso no sol, para evitar surpresas do tipo plástico de capa grudado na pintura.

As capas são recomendadas para uso em garagem coberta ou ambiente fechado, sem longa exposição ao sol e grande contato com a chuva. Todavia os modelos básicos normalmente aguentam um pouco de sol e alguma exposição à chuva, porém não devem ser usados em garagem aberta.

Recomenda-se tirar a capa de 3 em 3 dias, especialmente se tiver excesso de chuva, provocando alta umidade relativa do ar favorecendo acumulo de água no interior da capa.

Você deve ter cuidado ao colocar e tirar a capa para não riscar a pintura, não esfregue a capa no carro, isso ajuda muito à prevenir riscos criados pelo uso da capa.

A capa bem colocada e ajustada irá diminuir drasticamente a lavagem, até mesmo a lavagem a seco, preservando o brilho da pintura por longos períodos de tempo sem necessidade de lavagem completa.

Caso seu carro tome chuva, faça a secagem e manutenção correta removendo sujeira e utilize a capa somente após 3 dias ou mais do carro seco, assegurando que não existe acumulo de água.

Outra coisa é o fato do aquecimento: Não coloque a capa sobre o carro quente, com motor quente e etc, pois isso pode danificar a pintura, especialmente se repintado.

Eu utilizo a capa automotiva à mais de 6 anos em meu carro que repousa em garagem coberta e pega sol durante o período da metade da tarde para frente, cor branca, modelo de capa básico.

Para mim, a capa reduz muito às lavagens do carro. Utilizando somente nos fins de semana tenho necessidade de lavar o carro utilizando água cerca de 4 à 6 vezes por ano e manutenção à seco entre 8 e 12 vezes.

Além de reduzir as lavagens drasticamente, a capa também previne o carro contra riscos, fezes de pássaros e ação do tempo. Em anos que utilizo nunca tive problemas com a pintura do meu carro, nem manchas, nem umidade, nem capa colando sobre a carroceria, nem bolhas e nem nada do gênero, mesmo tendo contato com o sol na parte traseira. Uma coisa que notei é o fato de que as partes pretas aquecem bem mais que a parte branca do carro, e, mesmo assim, a capa nunca derreteu nessas áreas, mesmo com sol intenso de verão e etc.

Mais uma vantagem que notei é a menor presença de umidade dentro do carro com o uso da capa, mesmo em dias e períodos chuvosos.

Eu não tiro a capa de 3 em 3 dias pois ela ventila bem por baixo, ou seja, existe bastante incidência de vento em minha garagem.

Um problema que é facilmente corrigido caso sua garagem tenha bastante vento encanado é o fato do vento arrancar a capa quando está muito forte.

Para sanar esse problema é fácil: Basta fazer furos acima do elástico e amarrar um barbante à roda do carro. Eu faço isso somente nas rodas traseiras pois normalmente é ali que escapa a capa com o vento forte.

Existem capas com cadeado e também capas aonde é possível abrir o carro sem tirar a capa, eu nunca utilizei e continuo utilizando esse modelo básico de capa automotiva.

Eu uso e recomendo a capa automotiva pessoal. Ela pode ser usada em repinturas após os 30 dias tranquilamente e se a repintura foi bem feita não há com o que se preocupar em usar a capa conforme minhas dicas.

Se você ainda tem dúvidas sobre capa e manutenção de carros antigos, deixe seu comentário e dúvida nesse artigo para que eu possa melhorar o material e trazer novidades.

Dicas sobre como usar capa automotiva com segurança:

  1. As capas possuem tamanho. Você precisa verificar qual o tamanho ideal para o seu automóvel.
  2. Capas aveludadas com tecido custam mais caro e retém mais a temperatura e necessitam de cuidados extras como lavagem da parte interna e secagem da forração interna em caso de períodos de chuva, portanto, aqui a regra dos 3 dias sem tirar a capa se aplica sempre.
  3. Quanto mais isolada, protegida e forrada a capa, maior deve ser o cuidado com longos períodos com o carro debaixo da capa.
  4. Jato de ar na capa ajuda a retirar sujeira por debaixo dela, na parte interna.
  5. Lave regularmente a capa e retire o excesso de pó antes de tirá-la do carro, isso evita riscos na pintura.
  6. Dobre a capa corretamente para retira-la do carro e não deixe-a com a parte interna exposta, isso evita que a sujeira entre na capa e acabe riscando a pintura quando você for coloca-la novamente.
  7. Não deixe a capa no chão, mantenha-a sempre em local seco e protegido para, novamente, não ter sujeira que possa riscar o veículo.
  8. Tome cuidado com capas automotivas para ambiente externo descoberto. Com esses modelos de capa o cuidado para evitar umidade e aquecimento é fundamental. Você deve verificar todos os dias o aquecimento e possível umidade no carro e possíveis rasgos e falhas de vedação que fazem com que a água entre quando chove.
  9. Evite usar a capa quando ela estiver com furos. Mesmo fazendo a colagem da capa ela pode apresentar vazamento e etc. Além disso, colar a capa do carro com fita isolante não é algo duradouro.
  10. Sempre limpe a capa antes de tirá-la do carro com um pano, à fim de tirar o pó e sujeiras mais pesadas.
  11. Cuidado com as áreas da capa que tem contato com a parte debaixo do carro, próximas às rodas, saias e debaixo do parachoque. Essas áreas podem concentrar barro e sujeira mais pesada que irá entrar em contato facilmente com a carroceria do veículo, aumentando a chance de riscar o carro usando a capa.


Material complementar:

Como lavar e encerar o carro?
Como usar cera em pasta?
Como fazer lavagem à seco?

Se você curtiu o tema não deixe de escrever sua mensagem e sugerir novos artigos, vídeos e etc!

Nos ajude compartilhando o conteúdo com seus amigos e familiares.

Fico por aqui.

www.rodrigogsi.com.br

Loja virtual com kits especiais: rodrigogsi.tudonavitrine.com.br

Loja no Mercadolivre: http://lista.mercadolivre.com.br/_CustId_75922527


vendas@rodrigogsi.com.br


#ficaadica

Um abraço e até o próximo!

Tags: como cuidar da pintura de carros antigos, como conservar o brilho de pintura antiga, como usar capa no carro, como usar capa automotiva, mitos e verdades sobre capa automotiva, capa automotiva risca a pintura?, como usar capa automotiva sem riscar?, dicas sobre capa automotiva, capa no carro quando usar e não usar, quando usar capa automotiva, quando não usar capa automotiva, dicas sobre uso de capa em carros, como usar capa no carro, para que usar capa no carro, como colocar capa no carro sem riscar, como se usa capa automotiva, como se usa capa no carro, capa no carro para que serve, capa para carros antigos, capa aveludada automotiva, capa automotiva qual a melhor, mitos e verdades sobre capa de carro, qual a melhor capa automotiva, qual a melhor capa de carro, capa automotiva é boa, quando usar e não usar capa automotiva, quando não se deve usar capa automotiva, quando se deve usar capa automotiva, guia de uso sobre capa automotiva, tudo sobre capa automotiva, lavagem à seco em carros antigos, lavar muito o carro estraga a pintura?, lavar pode causar ferrugem?, lavar muito o carro prejudica a pintura?, lavar muito carro antigo estraga a pintura?, cuidados com carros repintados, carro repintado pode usar capa?, posso usar capa automotiva no sol?, posso usar capa automotiva na chuva?, pode-se usar capa automotiva no sol?, pode-se usar capa automotiva na chuva?, capa automotiva impermeável, cuidados especiais com carros antigos,

Nenhum comentário:

Postar um comentário